sexta-feira, 22 de abril de 2011

Hambanine, João.

Até sempre!

1 comentário:

Anónimo disse...

Foi com tristeza que ouvi a noticia da morte deste Grande Senhor,não só porque cantava bem, mas também e principalmente pela sua verticalidade, não esqueço que foi bastante «incomodado» pelo anterior regime, devido precisamente a não «dobrar a coluna vertebral» perante os sensores.
Um abraço
Virgílio Miranda