domingo, 10 de abril de 2011

É tudo feito da mesma trampa

Mais um papagaio que quer poleiro e aproveitar os restos da gamela. Queria este artista ser reserva da República... é preciso não ter vergonha !


2 comentários:

Fuzo de agua doce disse...

Isto é mais um murro no estômago que um gajo leva, batemos no fundo, vergonha foi coisa que já foi.
Um abraço
Virgílio

Valdemar disse...

Dos pobres coitados nem se lhe deve dar tempo de antena. São defuntos que se devem manter a uma grande profundidade, mas sem contacto com a terra para não a contagiar.
Felismente que com os cemitérios modernos isso é possivel.
Safardanas que não interessam nem ao menino Jesus e tinha que ser mesmo um senhor dos Passos a gindá-lo.
Esse falso profeta enjoa-me.