terça-feira, 13 de setembro de 2011

blog de velho para novo ver

video
O Sr. Fernando bate aos pontos muito comunicador encartado.

Saúde da boa para o Sr. Fernando e que as maleitas lhe dêem descanso. Já agora que a natureza seja generosa com ele e lhe arranje uma keka das boas!!!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Trocar os idosos por reclusos.




Ideia de alguém alguém que não é parvo nenhum.
Colocar os nossos idosos nas cadeias, e os delinquente fechados nas casas dos velhos.

Desta maneira, os idosos teriam todos os dias acesso a um lazer, passeios.
Não teriam necessidade de fazer comida, fazer compras, lavar a loiça, arrumar a casa, lavar roupa etc.
Teriam medicamentos e assistência médica regular e gratuita.
Estariam permanentemente acompanhados.
Teriam refeições quentes, e a horas.
Não teriam que pagar renda pelo alojamento.
Teriam direito a vigilância permanente por vídeo, pelo que receberiam assistência imediata em caso de acidente ou emergência. E sem pagar um tusto.
As suas camas seriam mudadas duas vezes por semana, e a roupa lavada e passada com regularidade.
Um guarda visitá-los-ia a cada 20 minutos e levar-lhes-ia a correspondência directamente em mão.
Teriam um local para receberem a família ou outras visitas.
Teriam acesso a uma biblioteca, sala de exercícios e terapia física espiritual.
Seriam encorajados a arranjar terapias ocupacionais adequadas, com formador instalações e equipamento gratuitos.
Ser-lhes-ia fornecido gratuitamente roupa e produtos de higiene pessoal.
Teriam assistência jurídica gratuita.
Viveriam numa habitação privada e segura, com um pátio para convívio e exercícios.
Acesso a leitura, computador, televisão, rádio e chamadas telefónicas na rede fixa.
Teriam um secretariado de apoio, e ainda Psicólogos, Assistentes Sociais, Políticos, Televisões, Amnistia Internacional, etc., disponíveis para escutarem as suas queixas ( ?).
O secretariado e os guardas seriam obrigados a respeitar um rigoroso código de conduta, sob pena de serem duramente penalizados.
Ser-lhes-iam reconhecidos todos os direitos humanos internacionalmente convencionados e subscritos por Portugal.

Por outro lado, nas casas dos idosos:
Os delinquentes viveriam com 200 € numa pequena habitação com obras feitas há mais de 50 anos.
Teriam que confeccionar a sua comida e comê-la muitas vezes fria e fora de horas.
Teriam que tratar da sua roupa.
Viveriam sós e sem vigilância.
Esquecer-se-iam de comer e de tomar os medicamentos e não teriam ninguém que os ajudasse.
De vez em quando seriam vigarizados, assaltados ou até violados.
Se morressem, poderiam ficar anos, até alguém os encontrar.
As instituições e os políticos não lhes ligariam qualquer importância.
Morreriam após anos à espera de uma consulta médica ou de uma operação cirúrgica.
Não teriam ninguém a quem se queixar.
Tomariam um banho de 15 em 15 dias ,sujeitando-se a não haver água quente ou a caírem na banheira velha.
Passariam frio no Inverno porque a pensão dos 200€ não chegaria para o aquecimento.
O entretenimento diário consistiria em ver telenovelas e o Goucha na televisão.
Digam lá se desta forma não haveria mais justiça para todos, e os contribuintes agradeceriam?

Enviado pelo filho da escola Carvalho

sábado, 9 de julho de 2011

Chimpanzé ao poder

video
Para onde é que  se destacava o macaco? Um só não dava para a mecha, nem uma Companhia de macacos iria chegar para tantos macacões...

sexta-feira, 8 de julho de 2011

segunda-feira, 25 de abril de 2011

25 de Abril

A verdade é que não temos muitos motivos para celebrar.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

domingo, 10 de abril de 2011

É tudo feito da mesma trampa

Mais um papagaio que quer poleiro e aproveitar os restos da gamela. Queria este artista ser reserva da República... é preciso não ter vergonha !


segunda-feira, 14 de março de 2011

sexta-feira, 11 de março de 2011

geração do desenrasca

Em 1962 tinha eu 10 anos, saí da escola primária e fui trabalhar para as oficinas ganhar 7 coroas por dia (menos de dois cêntimos actuais) . Liceu era para a classe média, faculdade para a media alta. Perspectiva de vida? Crescer, fazer a tropa e ir para o Ultramar, ou engrossar os residentes no "bidonville". Estado social? Não havia. Vida nocturna? Ir ao mar ajudar o meu pai na pesca. Comer fora? Só quando comia a bucha fora da porta do quarto alugado que também fazia de cozinha e casa de banho. Estrear roupa ? Só quando na quinta dos ingleses, em Carcavelos, distribuíam roupa velha vinda de Londres. Fomos a geração do salto e do desenrasca.
Estou com a geração à rasca , os partidos do poder abriram perspectivas que sabiam de antemão que não podiam cumprir, ou seja inventaram uma data de licenciaturas só com o propósito de encher de dinheiro as faculdades e multiplicar nas estatísticas os licenciados , agora dá para ver o desastre a que isto chegou. Que sábado seja um enorme não à política de desenvolvimento iniciada com o Cavaquismo e que veio a desaguar no Sócrates.
Eu não sei onde isto vai parar, para haver outra coisa parecida com o 25 de Abril , o poder civil tem de mexer nos privilégios dos militares e isso não me parece que vá acontecer. Os partidos arrepiarem caminho também não acredito, os aparelhos estão de tal forma manipulados que qualquer revolução no seu interior está fora de questão. Tenho alguma esperança nestas ondas de choque que estão a imergir nas redes sociais e que venham a meter medo à classe política e que esta seja obrigada a arrepiar caminho.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Um governo para 4 anos

O que é os tipos do PS estavam à espera? Salamaleques, elogios, e mais 3 anos de cordial coabitação? O comedor de alfarroba (como diz o meu sogro) abriu hoje as hostilidades e vai tentar colocar em S. Bento o Chavalo do PSD e a damo(a) de companhia o artista dos submarinos. Fomos fornicados pelo artista Sócrates e agora é a vez de o sermos novamente pela nova rapaziada.
Já me esquecia, a abelhinha representa tão só um zunido que ouvi na semana passada  sobre o Sócrates e toda a camarilha de boys irem a andar em Abril, ou o mais tardar em meados de Maio…

sexta-feira, 4 de março de 2011

As bestas


Elefantes selvagens de tenra idade são capturados nas selvas da Brimânia amarrados durante dias sem água, comer e espancados selvaticamente. A intenção destas bestas é que o animal perca a vontade própria para mais fácil serem domesticados. Posteriormente são contrabandeados para a Tailândia para servirem a industria do turismo.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Um leão na luz

No conjunto dos dois jogos o Benfica merece passar à final. No entanto hoje no minimo o Sporting merecia o empate. Houve leão na luz  e assim sendo alegria não tenho nenhuma mas desgosto também não.  

terça-feira, 1 de março de 2011

Metralhas

Estes artistas vão até à Baviera receber ordens da chefe da quadrilha. Na volta vão trazer mais um pacote de medidas de austeridade para codilhar o povinho. Espero que não passe deste ano que esta gente leva um pontapé no pacote !!!

domingo, 23 de janeiro de 2011

Presidenciais

                                                    
A mosca é a mesma!

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

No país das Lucyanni

Notícia em jornais e telejornais , o rebento do casal Djaló já nasceu chama-se Lucyanni . A menina bem tentou que fosse Lucyrenaldi mas não deu, ficou com a terminação de Alvalade. Cá vamos andando no país do faz de conta do mata bicho(a), do jet7 do arremacho. O que convêm é o povinho domesticado , e pronto .


ps: a criança ao que consta não gosta do rancho!

domingo, 9 de janeiro de 2011

RTP, o espelho do país

O jornal da tarde da RTP de 9-01-2011, abriu com a morte do colunista social . Muitos minutos lhe são dedicados . Morreu Victor Alves , homem de Abril com assento no concelho da revolução, ministro da educação do VI governo e o mesmo jornal faz uma mísera notícia de 11 segundos . Isto anda tudo trocado , já não há valores o que interessa é agradar ao chefe e aparecer nas colunas sociais! Eu gosto do meu país, o que não gosto é desta gente rasca de baixa índole que detém o poder e se besunta com a democracia !

sábado, 1 de janeiro de 2011

Sra. Dilma presidente do Brasil

Gostei de a ouvir na tomada de posse! Muita sabedoria e sorte para a nova presidência no palácio do Planalto, a bem do povo brasileiro. Por cá nem sorte nem sabedoria reside em Belém e S. Bento!
Hoje dá-se inicio mais uma vez à abordagem da pirataria do século XXI nos bolsos vazios dos cidadãos que ganham menos nesta Europa dos ricos,. Má sina dos portugueses de tirarem à tripa para entregar a toda a espécie de caciques deste jardim mal plantado no extremo da Europa!