terça-feira, 5 de outubro de 2010

República um século

1910 O fim do sangue azul, das castas e privilégios régios. O que fizeram depois da implantação da república é outra história. Não sei se está na hora de serrar fileiras e juntaram-se uns quantos e fazer saltar a Carbonária para a praça pública e ajustar contas com as novas castas, barões e baronetes e toda a panóplia de privilegiados que sugam o sangue vermelho do povinho. O estado actual da república tem muito pouco de res-pública .


Viva a República

1 comentário:

Fuzo de agua doce disse...

Estou zangado com o regime que esta Republica permitiu que se instalasse, e que nos tem comido couro e cabelo, por esta grande razão nunca poderei festejar esta data, a não ser com um regime de gente séria, o que duvido muito que aconteça comigo cá para assistir.
Um abraço
Virgílio