quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O pão

É com tristeza que recebo as notícias que chegam de Maputo. Esta manhã as notícias que saíam na TVM On-line não era o que levava os maputenses aos actos de vandalismo e revolta popular mas quem estava por detrás das manifestações, só isto quer dizer algo vai mal no reino da FRELIMO.
Um documento saído em Abril do Ministério da Planificação e Desenvolvimento da R.P. de Moçambique referia que, mais de metade dos maputenses vivem na “extrema pobreza”, aqui está a resposta à pergunta da TVM. O pão meus senhores o pão, a luta diária que o povo tem para enfiar uma bucha no estômago, a corrupção instalada no estado. Acredito que ao mais alto nível do poder haja quem lute contra a maré e queira fazer qualquer coisa para acabar com este flagelo. O que vai ser muito difícil o partido está no poder há mais de trinta anos o estado e a Frelimo confundem-se .
Melhores dias viram, está na hora de Daviz Simango dizer alguma coisa e sair rápidamente para a estrada pois ele é o único timoneiro que poderá levar a bom porto Moçambique (digo eu)!

Sem comentários: