sábado, 7 de agosto de 2010

"esta Lisboa que eu amo"

O jogo que a TVI transmite não me diz muito e se há coisa que não tenho pachorra de ouvir são aqueles dois comentadores da treta que por lá destilam bílis por tudo o que mexa. Estive a ver na RTP1 a homenagem ao Raul e no meio de tanta imagem deparei com José Viana. Deixo aqui uma pequena lembrança de um dos maiores nomes do teatro do século 20.

1 comentário:

Valdemar disse...

Assisti a vários espectáculos com ele e então depois do 25 de Abril na Incrível Alamadense.
Falei com eles algumas vezes.
Foi um grande artista e altamente perseguido depois de Abril pela sua Ideologia Comunista.
Não fossem tão crueis com ele e o Zé teria nos deixado um legado ainda muito maior.
Faço parte do Grupo "esta Lisboa que eu amo".Noutros tempos já fui ali imensament5e feliz.
O Ráúl gostava mas nunca convivi com ele.