quarta-feira, 21 de julho de 2010

República Democrática Popular da Coreia

Kim Jong-il, o grande educador do povo da Coreia do Norte, mandou executar por um pelotão de fuzilamento o Sr. Kwon Ho Ung, seu representante nas conversações com a Coreia do Sul.
Motivo do assassinato? Simples, o Sr. Kwon Ho Ung não conseguiu impor a politica traçada pelo grande educador!
Se a moda pega , vai lá vai… por cá não vai haver balas para tanto insucesso.

3 comentários:

Valdemar disse...

Felizmente que nos podemos orgulhar de sermos o primeiro País do Mundo a acabar com a pena de Morte.
Estes carrascos não olham a meios para alcançarem fins. A qualquer preço querem impor a sua super autoridade.
Quem comete crimes que horrendos que pague mas há muitas e variadas formas de os fazer pagar.
Nenhum homem lhe assiste o direito de tirar a vida a outro homem.
Infelizmente tiranos como este existem muitos.

Piko disse...

É por casos como este que não aceitamos os ditadores!
A informação nos dias de hoje está a um nível tal, que dá para que se saiba quase no imediato o que está a passar-se na Coreia do Norte, do Sul ou até na China! Claro, não vamos ser ingénuos ao ponto de pensarmos que está tudo escancarado, que não está! Até no nosso regime democrático, há coisas que não saiem cá para fora e outras só se sabem muito mais tarde... Mas não vamos cair em comparações!?....
Não se entende muito bem, porque é que o regime da Coreia do Norte ainda tem apoiantes mesmo na Europa, que vão tolerando este tipo de actividades, que vão claramente contra os direitos do homem... Em nome de quê?
A liberdade dos povos é a maior riqueza a que podem aspirar!!!
PIKÓ

lmdoliveira disse...

A liberdade é o maior bem da humanidade mas ela só está na sua plenitude quando os estomagos estão aconchegados, no caso da R.P. da Coreia nem uma coisa nem outra.
Melhores dia viram.
Abraço