segunda-feira, 24 de maio de 2010

Festa brava... será???

Aqui não há vencidos nem vencedores. O homem está lá porque quer, o bicho esse nem foi convidado, a malta aplaude e delira com a faena, é a festa! Para quem?

2 comentários:

Anónimo disse...

Amigo Oliveira
Sou duma zona de aficionados, aprendi a nadar junto com o gado bravo que era do ganadeiro Pinto Barreiros, na Vala do Carregado, naquele tempo no campo davam duas horas para o jantar que era ás 14horas, a que chamavam sesta, e eu aproveitava esse tempo para dar umas braçadas na Vala, onde o gado atravessava, ia a todas garraiadas que se faziam nas festas da minha zona, e levei algumas cornadas juntamente com o meu Amigo Victor Eusébio, esta conversa toda para serve para dizer que apesar dos meus princípios «taurinos» não sou capaz de ver uma tourada devido aos maus tratos que são infringidos aos animais, era uma coisa que era bem terminada, tourear sim mas sem tortura dos animais, só capas e forcados.
Quanto ao comentário que deixaste no meu blog, fico contente que esteja associado ao bonito trabalho da serra da Malveira um Filho da Escola.
Um abraço
Virgilio Miranda

lmdoliveira disse...

Eu só gosto de ver com os forcados e principalmente quando o bicho salta para a plateia, aí, para mim é uma festa.
Com respeito ao Abel, oh Virgílio nunca vi benfiquista tão asserido, o gajo consegue demonstrar que mesmo quando o clube perde que aquilo foi uma vitória, ou por isto ou por aquilo, mas o meu filho da escola ganha sempre.
Abraço Virgílio