terça-feira, 2 de março de 2010

Moçambique Portugal


Sócrates está em Moçambique.
Espero que a visita seja profícua e que não seja só para “inglês” ver. No final saia alguma coisa que seja vantajosa para os dois povos. Que se enterre de uma vez por todas os restos do passado mal resolvido e o entendimento seja na igualdade e no respeito de cada estado.

4 comentários:

Valdemar disse...

Como eu gostaria de poder acreditar que as pessoas que estão integradas nesta viagem e fazem parte da comitiva se movem por principios de partilha séria!!!! Mas não: Para mim infelizmente ela reveste-se de partilhas no minímo nublosas.
Gostaria de formular uma pergunta:- O que move Manuel Alegre nesta Viagem ?
Só não vêr quem não quêr.Por vezes poderemos e até convém sermos ingénuos.
Mas assim tanto não dá.
O Povo e o Governo Moçambicano saberão tirar ilações. Uma certeza eles já tem... O Povo Português na sua maioria é totalmente solidário com as populações Africanas. Saudades Moçambique e toda a sorte do Mundo.

lmdoliveira disse...

Pois é filho da escola, nem todos vão com o propósito da partilha, é assim e sempre foi.
No que toca ao Manuel Alegre, vai na qualidade de presidente do júri dos prémios Leya e quem ganho a ultima edição foi o escritor moçambicano Borges Coelho. A cerimónia da entrega do dito está marcada para o dia 4 do corrente mês.
Saudações leoninas Valdemar

TINTINAINE disse...

Também li esta notícia do investimento de 15 milhões em diversos negócios em Moçambique.
Acho que é uma migalha sem grande significado, mas tudo ajuda.
Aquela gente, pelo menos no distrito do Niassa, vivem como há milhões de anos, da caça e da pesca.

lmdoliveira disse...

Não era preciso mais, 15 anos mais novo e ia para lá trabalhar. Pegava em alguma maquinaria e investia na mão de obra local. Não seria sacar graveto para o pé de meia, mas para viver naquela terra e com aquele povo.