quarta-feira, 31 de março de 2010

Estados assassinos


A amnistia internacional divulgou o ranking dos estados que mais matam em nome da justiça. Só EUA Houve 23 inocentes que morreram de pena capital, se mais não fosse, só isto seria o bastante para acabar com a pena de morte se um em mil é inocente e é assassinado é porque o sistema é mau. Para todos aqueles que mesmo assim defende a pena capital com certeza se estivessem no lugar do inocente condenado mudariam de ideias …ou não?

7 comentários:

Artur/Leiria disse...

Nesta estou contigo, contudo há situações em que depois de os assassinos passarem 20-30 anos no degredo e ao tentar-se o sistema “bail”, só para ver se ele/ela se porta bem, então não é que viola e mata de imediato! Neste caso, o que deverá ser feito? São milhentas opiniões a este respeito, onde não estão certas nem erradas, a meu ver claro. Por isso pena a capital, não está certa nem errada, a meu ver também. O grande problema é os INOCENTES que pagam com a vida os enganos da justiça! É tudo;
Um abraço!

Valdemar disse...

Felizmente que para lá de comungar-mos no nosso sportinguismo,no amor à Marinha e a Moçambique. O mesmo acontece no que respeita à pena de morte.
Felizmente que fomos o primeiro país a acabar com ela.
As tuas palavras dizem tudo.
Estes dados são importantissimos. Se caberá o direito a alguem de tirar a vida aoutro, na procura de justificar investigações e matarem inocentes.
Parabéns pelo oportuno e importantissimo alerta.

lmdoliveira disse...

Pois é Leiria, cada cabeça cada sentença e na diferença se faz a luz.No nosso caso assim como o Valdemar estamos de acordo
Como não dou ponto sem nó aqui vai uma pequena estatística de uma agência Norte-americana

EUA : percentagem per capita de assassinatos 16.604
Canada: percentagem per capita de assassinatos 523
Portugal: percentagem per capita de assassinatos 247

EUA: percentagem de presos por cem mil 715
Canada: percentagem de presos por cem mil 523
Portugal: percentagem de presos por cem mil 130

As estatísticas valem o valem no entanto não é por haver pena de morte que a criminalidade
Baixa.
Já agora a fonte da estatística é http://www.nationmaster.com/graph/cri_mur-crime-murders
Abraço filho da escola

lmdoliveira disse...

Valdemar meu amigo, gente de bem gosta de Moçambique e da briosa, não pode com injustiças e principalmente e acima de tudo é do Sporting…éééé
Aquele abraço

Fuzo de Agua Doce disse...

Concordo que alguém que sinta na pele algumas das barbaridades que estão muito em voga, como violação de crianças, assassinatos, roubos com violência etc. só para falar em alguns dos crimes mais falados, admito dizia eu que os familiares dessas vitimas desejem que se descobertos os autores desses crimes que sejam executados, felizmente nunca passei por isso, e se passasse concerteza que gostaria que a pena capital fosse instituída, mas a frio não acredito que viesse resolver o problema da criminalidade, o que creio dava uma ajuda era vermos policia, e isso não se vê.
Um abraço
Virgilio Miranda

Anónimo disse...

Perfeitamente de acordo e as estatísticas falam bem ALTO!
Agora, a evolução humana tem um longo caminho a percorrer para perceber, que as guerras e os ataques suicidas de grupos, são outra forma de pena de morte que não tem razão de existir!
Ainda estamos muito longe do RAZOÁVEL, mas o BOM será a meta!
Lembro o seguinte:- Nenhum de nós é do tempo da 2ª Guerra Mundial, mas somos já da guerra da Coreia e foi um nunca mais acabar!
Este ÓDIO de uns e de OUTROS é que nos mata!
O HOMEM vai ter de evoluir!
Não há outra maneira!
UM ABRAÇO!
PIKÓ

lmdoliveira disse...

Nem mais PIKÓ, o meu amigo como sempre com clareza de ideias e isento de ódios!