quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Sporting,dia seguinte


E depois um gajo tem que levar com as parangonas dos jornais...

5 comentários:

Anónimo disse...

Olá Luís
Podias ter chamado a esta mensagem «The Day After».
Quem já viu esse filme sabe exactamente como se sente uma pessoa depois de perder tudo na vida!
Tintinaine

Anónimo disse...

Amigo Oliveira
Quem sou eu para dar conselhos, mas como por enquanto não pagam imposto, podem não servir para o Amigo mas pode ser que algué os aproveite, conforme todos sabemos, o meu clube nos últimos anos só me deu tristesas, não só desportivas mas até de credibilidade, pois não esqueço um tal de Val e Azevedo, neste último caso fingimos que somos surdos, e no caso dos resultados despotivos: quando estou empatado ou a perder, mudo de canal, e durante dois dias não vejo notícias, fico curado e capaz doutra.
Um abraço
Virgilio Miranda

lmdoliveira disse...

Tintinaine
A derrota de ontem não é de longe nem de perto o holocausto nuclear do filme «The Day After», do Nicholas Meyer. Outras derrotas viram e muitas mais vitórias hão-de chegar!
No caso o post. Tem mais a ver com o trocadilho que eu fiz ao retirar o (v) de Carvalhal no titulo do jornal!

lmdoliveira disse...

Pois é meu amigo Virgilio cada um coça a pulga como mais lhe aprover.Quando SCP está a perder para me distrair vou ao youtube e vejo Os golos do Arsenal 4 Porto 0, ou Ainda o Vigo 7 Benfica 0, e se estou numa de masoquista vai um Bayern de Monique 7 Sporting 1
Obrigado pelo alento!
abraço

Valdemar disse...

Oliveira Não é Leão quem quêr.
Mas verdade que estamos a ficar rodeados de Carpideiras, finalmente estão a regressar.
Já não nos basta os falsos Lagartos!
Largos dias fazem cem anos.
São Carpideiras com lágrimas de Crocodilos.
Mas sinceramente e independentemente de doênças clubistas, acredito qure eles taambém fiquem assombrados por saberem que sofremos imenso com estas pesadas derrotas.
Sim viram dias melhores, mas enquanto não vierem não vamos rasgar cartões. Sporting, Olé.