domingo, 17 de janeiro de 2010

Mambas e Leões

O Sporting ganhou e Moçambique perdeu. Fim de semana desportivo com meia alegria, espero que os Mambas passem à fase seguinte. O levezinho foi poderoso e Carvalhal estava a dormir na forma, nem sabia que o Liedson marcou duas bolas!

5 comentários:

TINTINAINE disse...

Pelo contrário a mim correu-me tudo ás mil maravilhas!
Cilindrámos os madeirenses e os andrades atrasaram-se mais dois pontos.
Melhor seria impossível!
Os Mambas ainda se podem safar, mas não vai ser fácil!

Abstracto disse...

É um tanto triste um treinador estar no estádio e não ver o jogo da própria equipa.

Reconheço esse brasão....

Valdemar disse...

Lamento profundamente a derrota dos Mambas, gosto que eles ganhem em tudo, e forço para que um dia possam ter plena felicidade.
Quanto ao nosso Carvalhal, é um homem sério e aqui em Espinho demos-lhe educação suficiente para que ele agora na Academia, venha a ser um fiel servidor e no final ser um bom mestre e deixar obra feita no nosso Leão.
Agradeço as considerações dos outros dois ilustres comentadores. Mas quando a esmola é grande o pobre desconfia.
Por mim acredito que quando os começarmos "ainda este ano" a incomodá-los, seguramente muda o discurso.
Mas devem merecer o nosso inteiro respeito, pois são desportistas de bem.
Um abraço.
P.S: Oliveira, as maiores felicidades do mundo para o reino do Leão.
Quanto ao 31, o Carvalhal soube apostar na hora certa, pois quem vem de uma lesão tão grave, não podia nem devia arriscar mais. Parabéns ao Carvalhal.
Que continue com a sua postura como até aqui.
Merece o meu total respeito, que já vem dos tempos do S.C. de Espinho.

lmdoliveira disse...

Tintinaine.
O teu Benfica vai de vento em popa, o FCP do amigo Sérgio este ano a coisa está azul escuro a atirar para o negro.

Abstrato.
O Carvalhal está abismado com os resultados do SCP o homem anda nas nuvens!!
Rconheçe o brasão? Bom observador.

lmdoliveira disse...

Aqui está um leão dos sete mares!!Valdemar.
O pintinho anda a acenar-nos com a cenoura lá mais para a frente quando lhe pisarmos os calcantes acena-nos com o pau.