sexta-feira, 5 de junho de 2009

de volta



Entre ataques e campos minados que este blog sofreu, ponderou este chefe de esquadra fazer eclodir o dito. Medida tão drástica mais não seria que a capitulação, vai daí pensei só em retirar a bandeira da R.P. de Moçambique, mas não! Vai continuar como está, e “meus amigos e amigas” podem disparar mísseis, morteirada e afins que o P. da Capitania vai andar por cá mais uns tempos.

2 comentários:

«16429 - TINTINAINE» disse...

Olá filho da escola!
Por onde andaste todos estes dias? Já pensava que tinhas regressado a Moçambique! Quem é que te anda a atirar morteiradas? Se precisares de ajuda para correr com eles, é só avisar.

oliveira disse...

Saúde da boa Tintinaine!
Não regressei, no entanto não está fora de questão antes pelo contrário.
Algumas pessoas pensam que estes bloges que de uma forma ou de outra estão ligados com a guerra colonial, acham que temos saudades dela, ou que estamos recabiados com o seu desfecho, estão completamente enganados, rigorosamente o único interesse que nos move é tão somente a amizade que temos pelos nossos camaradas de armas e nada mais. Para todos nós Moçambique só pode ser independente e se alguma coisa correu mal só o botas teve culpa. Por estranho que pareça , as saudades e o carinho que tenho por Moçambique só é comparável com o que tenho por Portugal, se se de alguma forma esse povo fosse atacado por forças externas, ainda era capaz de me juntar aos Moçambicanos com arma ou sem ela!
Abraço filho da escola!!